Páginas

quarta-feira, 30 de maio de 2012

DL Maio - Coração de Onça - Ofélia Fontes e Narbal Fontes

Boa noite! O Décimo livro que eu li para o DL de MAio foi Coração de Onça, e o fato histórico são os desbravamentos do interior do Brasil no período colonial e as minas de prata do alto do Peru.





A história é principalmente sobre Antônio, o coração de onça. Ele mora em uma fazenda de castanheiras, e de menino sempre foi muito amigo de sua vizinha, Luzia, e mantinha uma paixão secreta por ela. Porém com o passar dos anos nasceu nele um papo maior que o normal, um tanto estranho, que fez com que ele se distanciasse dos amigos de infância e mais ainda de Luzia. Mas a paixão por ela não diminuiu com o tempo, ao contrário, só aumentou. Um dia ele escolheu uma noz e dentro escreveu uma frase - que eu particularmente achei linda: "Andarei mil léguas no mundo com tua imagem em meu coração", e jogou pela janela de Luzia um dia pela manhã bem cedo... mas, Luzia quando o viu espiando por entre as folhas das castanheiras, e viu a noz jogada no chão abriu bem a janela e gritou "Papudo!", que no caso era a pior ofensa que poderia fazer, já que Antônio tinha aquele papo... e bateu a janela na cara dele... Só que quando ela abriu a noz e viu a frase ficou emocionada e abriu a janela para pedir desculpas, ele já tinha saído...
Assim, como por coincidência, uma nova bandeira planeja ir até as minas de potosi, no Peru, e depois da decepção amorosa, Antônio Castanho resolve entrar na equipe, para através dos atos de heroísmo conquistar o coração de Luiza Mendonça. Só que a viagem não é fácil, a travessia na selva do Brasil é perigosa e dura, mas Coração de Onça, como fica conhecido Antônio, enfrenta tudo com muita coragem. Quase morre em algumas situações, inclusive uma em que em um ataque de Indíos recebe uma flechada no pescoço, e depois de dias entre a vida e a morte ele se salva, com o bônus de perder o papo.
Chegandono Peru enfrenta mais algumas dificuldades e perigos e uma noite consegue achar um veio de prata. Compra um lindo vestido pensando em dar de presente à Luzia quando voltar ao Brasil, mas os anos passam e tudo na sua vida muda... o livro é lindo, li muito rápido e com certeza vou querer que meus filhos leiam...
Recomendo...
Beijos...

Um comentário:

Antonio Lisboa Simião disse...

Li-o em uma época de descobertas na minha vida. Leitura deliciosa, de ler em uma sentada só! Está entre os meus preferidos dessa época, e compartilho com meus filhos essas leitura e as lembranças que me trazem.
Parabéns pela iniciativa. Já fiquei fã.
Grande abraço,


Lisboa.